Return to site

As palavras do líder podem soar como um soco na cara do liderado

Em um situação de conflito, nosso cérebro reage a uma palavra agressiva da mesma forma como se nós estivéssemos recebendo um soco na cara, acionando o nosso sistema de sobrevivência.

Que as palavras tem poder todo mundo já sabe. Até a Bíblia Sagrada possui 5 versículos falando sobre isso.

Agora o que talvez você não saiba é que em uma discussão em um situação de conflito, nosso cérebro reage a uma palavra agressiva da mesma forma como se nós estivéssemos recebendo um soco na cara. Isso porque nosso sistema de defesa automático, ao menor sinal de risco à nossa sobrevivência, aciona a nossa Amigdala Cerebral, um conjunto de neurônios do tamanho de uma noz situados em cada lateral do cérebro dentro da área chamada de sistema límbico.

 

Entre suas diversas funções, a Amígdala Cerebral tem como principal a auto-preservação do ser humano, ou seja, ela é responsável por disparar um conjunto de reações em nosso corpo quando identifica alguma situação de perigo e risco a integridade física ou moral.

 


A grande questão é que a interpretação sobre o que é perigo real e o que é um perigo imaginário não está sob seu controle.
Quando uma pessoa simplesmente discorda ou duvida de você, essa situação tende a ser interpretada inconscientemente como um perigo, ativando o sistema de defesa e liberando o neurotransmissor chamado cortisol, o mesmo responsável pelo estresse.

Quando isso acontece, os batimentos cardíacos disparam e pressão sanguínea aumenta, de forma a bombear mais sangue pelo corpo. A pupila dilata para que se enxergue melhor e o pâncreas produz menos insulina, aumentando o açúcar no sangue para que os músculos possam contrair e expandir com maior intensidade, atendendo assim, as necessidades de luta ou fuga.


Se você precisar discordar de alguém ou tratar de um assunto delicado com potencial de conflito, lembre-se de selecionar bem suas palavras, pois depois que o processo de luta ou fuga for acionado, por cerca de 10 min, suas argumentações lógicas e racionais não funcionarão, mesmo que você seja a parte correta da discussão.
A saída é aguardar o tempo necessário para que o sistema de defesa se desarme e então pode voltar a conversar sobre o assunto polêmico.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly